terça-feira, 23 de junho de 2009

O joio do trigo


Olha aí, viu como é? Tá vendo? Fiquei uma semana sem postar no meu blog. Peço desculpas a vocês, não tive culpa, pelo menos não toda ela. A Telefonica com seu Speedy não colaborou e bem no dia de eu postar a nova crônica, a conexão com a internet caiu e me deixou na mão. Brincadeira viu! Estou até pensando seriamente em largar de vez a Telefonica. Essa sua falta de compromisso me deixou na mão.

Mas vai que troco ela por outra, e me dou mal? Hoje, qualquer prestadora de serviço tem seus problemas, apesar de todas parecerem tão perfeitas. Ao dizer "sim" aos seus contratos e assiná-los, te juram que é o casamento dos sonhos, mas quando você tenta cancelar, é muito pior que namoro que leva “bota”, não aceita cancelar por nada. Não aceita ser trocada por ninguém.

Hoje em dia está muito difícil separar o joio do trigo. Um grande exemplo é o PT e o PSDB, juro que não sei se são ávidos rivais, ou sábios parceiros, já que juntos governam muitas cidades no Brasil, unidos como irmãos gêmeos, difícil de distinguir um do outro. Pois é, existe cartel até na política. Pior que cartel de posto de gasolina que adultera combustível, é partido que faz isso com candidato a cada 2 anos.

Em uma conversa com um colega que morou no Japão que estava lá ganhando a vida no país da Toyota, do Jaspion e do Pokémon, perguntei sobre semelhanças com nosso país. Custou acharmos, mas encontramos. Lá é difícil você encontrar algum tipo de suborno, ou mesmo uma tentativa. Quase igual aqui, disse a ele, o que difere, é que aqui, o difícil é ao contrário.

Também me contou que lá muitos dos bairros são verdadeiros labirintos, que as ruas são desconexas e quando você caminha por uma rua achando que irá parar em algum lugar, você acaba se perdendo. O que contam lá no Japão, é que isso se deve aos antigos samurais, que construíam seus bairros assim propositalmente, pois quando os inimigos viessem atacar acabariam se perdendo.

Disse a ele que aqui no Brasil bem breve será assim também. Em um futuro bastante otimista, nossos netos contarão que muitos dos bairros no Brasil, eram chamados de favelas, e tinham também o formado de labirinto, para proteger o comércio dos samurais do tráfico. Assim os inimigos fardados se perdiam ao entrar nas favelas.

Também falamos das rivalidades entre nações, um fenômeno cultural, assim como Brasil e Argentina, Espanha e Portugal, lá a coisa pega com o Japão e a China. Eu particularmente, dou graças a Deus por ser brasileiro e rivalizar com a Argentina, até porque se todos chineses pularem ao mesmo tempo, a terra saíra do eixo e com toda certeza o Japão sumirá do mapa coberto de água.


Enfim, o fato que é não somos iguais, ou somos? O que nos difere é como diferenciamos o que é chato ou o que é legal.




5 comentários:

°§Princesa de Sal§° disse...

Mto bom o post, vc englobou vários assuntos diferentes deixando-os semelhantes e tocou em assuntos sérios com um humor...sagaz.
Gostei.

Sistema Zombie\ Nildo Junior disse...

Legal o blog ;D

Mariana disse...

Falando de coisa séria com bom humor e sutileza...é isso ai, maravilhoso

Bjs

Nanda Oliveira disse...

Sempre adoro vir aki, tu sabes disso! ;D
Realmente as operadoras q disponibilizam a net estão uma MERDA! Eu tbm tenho ficado ultimamente nesse lenga leenga, cai ou ñ cai.

Enfim,um dia quero morar no Japão *-*


Bjuu

Thaís disse...

Muitoo bom seu blog

Bjus